maio 30, 2024

012 News | A Notícia a Um Clique de Você.

O conceito da 012 News é informar e entreter nossos telespectadores e ouvinte.

Justiça concede autorização para Suzane Richthofen sair da prisão para estudar

Foto: Divulgação

Suzane von Richthofen, condenada a 39 anos pelo assassinato dos pais, teve concedida mais uma vez pela Justiça a autorização para a sair imediatamente da prisão fazer outro curso na Universidade Anhanguera, na cidade vizinha de Taubaté. Dessa vez a presidiária poderá fazer o curso de bacharelado em Farmácia. Para assistir às aulas, Suzane foi autorizada a deixar a unidade prisional a partir das 17h e retornar às 23h55.

A liminar foi concedida na última sexta-feira (10) pelo desembargador José Damião Pinheiro Machado Cogan, da 5ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Segundo o desembargador, Suzane “está presa há 19 anos, cumprindo pena há longo tempo em regime semiaberto e não registra qualquer falta prisional”. O desembargador argumentou que “se a lei almeja a reintegração social na há razão para que Suzane fique sem frequentar a faculdade onde conseguiu matrícula e financiamento de seu curso, tendo sido aprovada no Enem”. Cogan observou também que a presa apresenta ótimo comportamento carcerário e que estão presentes os requisitos legais. O desembargador mencionou ainda que a faculdade fica a 20 minutos do estabelecimento prisional. A defesa de Suzane havia protocolado o pedido de liminar em 12 de agosto deste ano, porque as aulas começariam quatro dias depois. A diretoria do presídio concordou com a saída temporária da presa. Já O MPE-SP (Ministério Público do Estado de São Paulo) manifestou-se contra a autorização, sob o argumento de que a segurança de Suzane Richthofen não poderia estar garantida.

Essa não é primeira vez que Suzane presta vestibular. No ano passado, ela não foi liberada para fazer curso de gestão de turismo no Instituto Federal de Campos do Jordão.

Em 2016, ela também foi liberada para fazer administração, mas decidiu não frequentar as aulas.