maio 30, 2024

012 News | A Notícia a Um Clique de Você.

O conceito da 012 News é informar e entreter nossos telespectadores e ouvinte.

São José terá Telemedicina e concurso público na saúde

Foto: 012 News
Foto: 012 News

São José dos Campos vem avançando com a imunização contra a Covid-19, o que é fundamental para diversas atividades econômicas no município. Na última quarta-feira (25), a Rádio 012 News mais uma vez teve a oportunidade de conversar com a secretária de saúde de São José, Margarete Correia que esclareceu dúvidas e apontou novidades.

Com o quadro de vacinação adiantado, questionamos a secretária se nesta semana a cidade já poderia iniciar a imunização de jovens de 12 a 17 anos sem comorbidades.

“Nós seguimos rigorosamente todas as diretrizes do Governo do Estado, e as doses que vieram foram para esse público, de 12 a 17 anos com comorbidades, PCD (pacientes com deficiência), gestantes e puérperas. Estamos caminhando bem, mas vimos que está baixa a vacinação desse público. A expectativa de vacinação é de 18% da população total dessas idades, que hoje é perto de 46 mil pessoas, que estariam com alguma comorbidade. Como São José tem uma saúde estruturada, a gente tem percebido a baixa procura desse público que beira cerca de 3%. Isso não é ruim, é bom, pois mostra que as doses vieram além do necessário. Em termos de doses, poderíamos até abrir agora no meio da semana para os jovens sem comorbidades, só que a gente depende do aval do governo estadual”.

São José, assim como outras cidades da região, sofre com a falta de médicos especialistas em áreas que são melhor remunerados em outras praças, como na capital paulista. Nós questionamos a secretária sobre a falta de especialistas na rede de saúde do município.

“Nós optamos por uma modalidade que é o credenciamento. Muitas das especialidades que estavam ‘estranguladas’ há uns dois anos, a gente conseguiu fazer esse tipo de modalidade que deu certo. O que vemos que ainda é um problema, pelo tempo de espera, é o reumatologista. Ele não tem no Vale, são pouquíssimos e a maioria deles trabalha somente em consultórios particulares. Temos dificuldades sim e nós vamos relançar um edital em um breve tempo, daqui uns quinze dias talvez, num pacote de credenciamento de algumas das especialidades, incluindo o reumatologista”.

Segundo a secretaria, cerca de quatro especialidades médicas deverão fazer parte do Edital que a Prefeitura irá lançar nos próximos dias. Outra novidade lançada por Margarete Correia foi a implantação da Telemedicina em São José dos Campos, tecnologia que permite o atendimento e monitoramento de pacientes, troca de informações médicas e análise de resultados de diferentes exames, de forma remota. A primeira especialidade médica a usar esse recurso será a neurologia.

“Com a neurologia estamos com um projeto interessante, vamos começar com a Telemedicina, possivelmente em 1º de setembro. Estamos batendo um martelo com alguns detalhes, e vai acontecer através da SPDM (Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina), com um teleatendimento de apoio inicial para todas as 40 UBS, com os clínicos que tiverem alguma dúvida. Se tiver necessidade de uma ação conjunta com aquele paciente, ele (clínico) vai poder ligar na hora para esclarecer, e o médico vai determinar se é uma coisa que dá pra tratar na base, com o auxílio dele, à distância, ou se ele terá que vir presencialmente”.

Por: Marcelo Rocha