julho 22, 2024

012 News | A Notícia a Um Clique de Você.

O conceito da 012 News é informar e entreter nossos telespectadores e ouvinte.

CPI da Covid: Hang se nega a assinar compromisso de dizer a verdade

Reprodução: Redes Sociais

O empresário Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, presta depoimento nesta quarta-feira (29) à CPI da Covid, no Senado. Logo no início da sessão, o advogado do empresário lembrou que, apesar de ter sido convocado como testemunha, Hang foi incluído na lista de investigados na comissão. Assim, exerceu o direito de se recusar a assinar o termo em que se comprometeria a dizer a verdade.

Hang chegou ao Senado na manhã desta quarta com o par de algemas que mostrou em vídeo publicado nas redes sociais provocando os integrantes da CPI da Covid-19. Ele, no entanto, teve que deixar o artefato fora da Casa, após ser identificado por seguranças em um dos aparelhos de detector de metal da portaria.

Ele é investigado em diferentes linhas de apuração. Por um lado, a comissão questionará Hang sobre o incentivo ao tratamento precoce, que é comprovadamente ineficaz, e ao negacionismo, por questionar a metodologia na contagem do número de mortos e por supostamente financiar blogueiros bolsonaristas propagadores de Fake News.

Apesar de levar as algemas, que para os senadores era uma nítida provocação à CPI, Hang prometeu responder todos os questionamentos da CPI. Ele chegou ao Senado cercado por parlamentares aliados do presidente Jair Bolsonaro, incluindo o filho do presidente, o senador Flávio Bolsonaro. Os deputados e senadores estavam vestidos com camiseta da Havan, a rede de lojas de departamento da qual Hang é o dono.