fevereiro 21, 2024

012 News | A Notícia a Um Clique de Você.

O conceito da 012 News é informar e entreter nossos telespectadores e ouvinte.

Anatel marca para 4 de novembro leilão 5G

Foto: Redes Sociais
Foto: Redes Sociais

O leilão de frequências para o serviço 5G foi marcado pelo Conselho Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para 4 de novembro, a decisão foi tomada em reunião extraordinária realizada nesta sexta-feira (24).

A análise pela Anatel do edital do leilão havia sido adiada em 13 de setembro após pedido de vistas do processo por conselheiro da autarquia.

A previsão do governo é que o 5G comece a ser ofertado a partir de julho de 2022, inicialmente nas capitais dos estados.

No leilão do 5G, serão oferecidas a operadoras de telefonia quatro faixas de frequência: 700 MHz; 2,3 GHz; 3,5 GHz; e 26 GHz.

Essas faixas funcionam como “avenidas” no ar para transmissão de dados. É por meio delas que o serviço de internet de quinta geração será prestado.

As operadoras de telefonia que arrematarem as faixas terão de comprar e instalar os equipamentos necessários para oferecer o serviço aos seus clientes, como as torres de transmissão. Além disso, elas terão que investir para cumprir contrapartidas exigidas no edital.
O prazo de outorga, isto é, o direito de exploração das faixas, será de até 20 anos. O leilão será dividido entre lotes nacionais e regionais.

As quatro faixas que serão leiloadas foram avaliadas inicialmente pela Anatel em R$ 45,6 bilhões. Esse era o valor que as empresas deveriam pagar ao governo pelo direito de explorar as faixas.

Porém, o Ministério das Comunicações decidiu transformar a maior parte desse valor em exigências de investimentos por parte das vencedoras do leilão.

Com isso, a previsão é que as empresas vencedoras paguem R$ 8,6 bilhões ao governo e invistam R$ 37 bilhões para cumprir as contrapartidas previstas no edital.

Entre as principais vantagens do 5G, estão:

Aumento da velocidade de transmissão de dados;
Baixa latência (tempo mínimo entre o estímulo e a resposta da rede de telecomunicações);
Maior quantidade de dispositivos conectados em uma determinada área; e
Maior quantidade de dados transmitidos por faixa de espectro eletromagnético.