maio 30, 2024

012 News | A Notícia a Um Clique de Você.

O conceito da 012 News é informar e entreter nossos telespectadores e ouvinte.

800 trabalhadores da VW de Taubaté terão férias coletivas

Foto: Redes Sociais
Foto: Redes Sociais

A Volks, de Taubaté, mais uma vez vai colocar parte dos seus funcionários em férias coletivas por falta de peças. A medida vai atingir 800 trabalhadores da planta de Taubaté e será valida por 10 dias a partir de segunda-feira (27/09).

Inicialmente, a montadora tinha planos de conceder férias coletivas para os 2,2 mil funcionários da planta do Vale do Paraíba, mas segundo o Sindicato do Metalúrgicos de Taubaté (Sindmetau) isso foi revisto.
800 funcionários equivalem a um turno de trabalho.

O problema atinge diversas fábricas ao redor do mundo, uma vez que faltam semicondutores. Esta é a sexta vez que a Volkswagen, em Taubaté, paralisa a produção este ano. Também foram registrados 11 dias de “shutdown” e mais cinco dias de “dayoff” (ambos com utilização do banco de horas) por falta de peças.

O retorno dos trabalhadores às atividades vai acontecer em 07 de outubro. Atualmente, a unidade de Taubaté produz os carros Gol e Voyage, mas está em fase de instalação de uma plataforma MQB, que vai permitir que a fábrica produza outros modelos de veículos.

O que são semicondutores?

São materiais considerados essenciais para a produção de chips. Usados em circuitos eletrônicos, são capazes de conduzir corrente. A maioria dos semicondutores são cristais feitos, mais comumente, de silício.

Impacto da pandemia

A demanda por esses chips não é exclusiva do setor automotivo, sendo muito requisitado também pelas indústrias de eletrônicos, telecomunicações e computação. Com a pandemia, houve um crescimento na procura de smartphones e computadores, influenciado também pela necessidade global de trabalho em home office.